quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Tentei.

Tentei.
Juro que tentei voltar pra casa...
Tentei voltar para tudo aquilo que durante muito tempo chamei de "meu lar";
Logo que entrei no quarto vi lá aquela mochila que me acompanhou na minha chegada;
Ela estava lá, em cima da cama e parecia me dizer "por favor, não me pegue! não me leve embora! eu quero ficar!" pensei: "eu também mochila, também quero ficar."
Deitei na cama e fiquei pensando, imaginando como seria a minha volta e como seria se eu ficasse, ms quanto mais eu pensava, mais eu chegava a lugar nenhum, nenhuma confirmação, nenhuma certeza...
aliás, APENAS uma certeza: "NÃO QUERO VOLTAR PARA CASA!!!"
Minha amiga chegou e deitou na cama ao lado, ficou lá deitadinha, parada, me olhando com cara de coruja seca, putz! ela sempre me olha assim quando:

1 - quer me falar algo;
2 - quer me perguntar algo e tá com medo da minha reação;

Mas ao contrário das outras vezes, eu não precisei usar minha mediunidade (que não tenho) para descobrir o que ela queria; tava estampado no rosto dela que a pergunta dela era:
"você vai mesmo?"
então fiz a coisa que sou mais especialista... Chorar...
Chorei e não mais que de repente comecei a passar mal, alguem aí tem ou já teve hipoglicemia?
bom, esse palavrão aí em cima é uma especie de diabetes ao contrario, ao invés de açucar demais no sangue eu tenho açucar "demenos". pode uma coisa dessas?
então, toda vez que fico muuuuito nervosa, ansiosa ou afins, a minha pressão abaixa, e junto com ela, o teor de açucar...
então já viu né? começou o siricutico. tremi igual vara verde e meu coração doia sem parar, pensei que ia morrer. juro.

mas agora já passou, *graças a Deus*.

ah e quanto a minha decisão,
não fui. não voltei.
tentei. mas meu corpo tem vontade propria e não me permitiu de fazer o que talvez possa ser a maior cagada da minha vida, que é voltar ao passado...
bom, se meu corpitcho aqui não quiz voltar, quem sou eu para desobedecer, né? : )
rsrsrs...
vou adiar por mais um tempo essa decisão. e fazer de conta que a casa da tammy é a minha casa...

*____* *____* *_____* ____*

MY LIFE.....


Tenho 19 anos...
Há 19 anos eu nasci...
Vivi muita coisa durante todo esse tempo,
Muitas coisas modificaram minha personalidade,
Muitos acontecimentos mudaram meu jeito...
Com o tempo aprendi a ver quem sou,
E perceber através das palavras que minhas mãos escrevem
O que meu coração está tentando me dizer;
Mas ainda não posso dizer que sei quem sou;
Não posso dizer que me conheço,
Só sei meu nome...
Nem mesmo eu tenho um endereço!
A única coisa que sei sobre mim,
É que sou uma borboleta em transmutação contínua...
Procuro as coisas que a minha verdadeira
Personalidade perdeu por aí...
Procuro um endereço fixo e
Procuro também uma pequena
Coisa que se chama
Felicidade...

6 comentários:

disse...

Aii menina que situação eim!
Eu já voltaria sem pensar hahaha
não gosto nem de pensar em ficar longe dos meus véio!
hahahhaha

beijos

Nathália disse...

Acho que por mais que tenhamos vontade de fazer algo, quando não conseguimos é porque não é pra ser mesmo.
Pensa mais um pouquinho... Rs

Beijo!

Rαfαεℓℓα disse...

Adorei o post inspirado d hj!
É...e pelo jeito vc está bastante confusa neh??

Beijoos, amo seu blog!

poeTIZA :) disse...

jah tive vontade de sair...
de pegar minhas coisas e ir pra bem longe.
pra qualquer lugar q seja
mais qe fosse longe
longe dos meus pais...
dos meus amigos...
dos meus problemas!
mais eu vi q naum adianta fugir
problema eh problema e sempre existiram...
foi aii q eu desistir

O Profeta disse...

Fecham-se as janelas de poente
Acenderam-se os luzeiros no céu
A cidade desperta para o arraial
Uma noiva procura o perdido véu

Os acordes da Banda no Coreto
Uma tuba marca o compasso
O clarinete dança na calmaria
O Maestro solta gestos no espaço



Boa semana



Mágico beijo

flor de lotus disse...

pode contar comogo sempre amiga,estarei sempre akipara vc
bjos tammy