terça-feira, 24 de março de 2009

Pensando (e escrevendo) sem parar

Ultimamente tenho pensado demais.
E tenho escrito demais também...
Até aquele calinho perto da unha no dedo do meio voltou...
Sempre odiei esse calo, porém, sempre o tive, acho que desde a época da minha 5ª serie...
E tudo isso por culpa daquelas professoras que me faziam escrever demais, ou até mesmo da minha mãe que na época me deu como castigo um montão de revistas pra eu copias os códigos e catalogar...
Agora depois de dois anos o maldito calo voltou, e a culpa é dessa droga de inspiração momentanea e fora de hora...
Essa droga de inspiração que sempre chega,
Quando eu posso e principalmente quando NÃO posso escrever...
Agora são 5:40 da matina e eu aqui escrevendo feito louca sobre calos em dedos...
Tô enlouquecendo de tantas palavras que me vem á mente!!!
Dizem que smepre quando perdemos algo, ganhamos outra coisa pra compensar, sendo assim toda essa "fissura vocabular" é sua culpa!!
Porque perdi você, ganhei inspiração...
Perdi o sono, mas ganhei um odiado calo como (des)consolo...
AFF!!!



ESTOU PRECISANDO DE UMA CANETA NOVA,
JÁ ESTÁ ACABANDO...
E DE UM CORAÇÃO NOVO,
JÁ ESTÁ SOFRENDO...

2 comentários:

Vinícius Aguiar disse...

E que venham mais calos, mais amores e mais palavras, porque assim é a vida!

Beijos!

☆ Sandra C. disse...

também preciso de um coração novo.
o meu desfez-se que nem pó.