segunda-feira, 28 de setembro de 2009

São tantas...

.
.
.
São tantas as coisas que eu gostaria de dizer,
Tantas são as palavras que que eu queria falar, mesmo sem poder...
São tantas as histórias que eu queria te contar,
E tantos são os segredo que eu queria te revelar...
Tantos são so lindos caminhos que em sonhos, seguro a sua mão,
E mais lindos ainda são os sonhos que me fazem tremer de emoção...
São tantos os "contos e causos" que te fariam rir,
E tantos são os lugares que com você, eu gostaria de ir...
Eu queria muito viver com você por dias e mais dias,
Dividir com você toda a minha alegria...
Tanto eu queria te levar pela mão,
E revelar pra você tudo o há no meu coração...
São tantos os abraços que eu poderia te dar,
E duplicados seriam os beijos que eu te daria se você se permitisse me amar...
No final, mesmo que se acabem os beijos e abraços, que os desejos não existam mais,
Não me arrependerei um só segundo de tudo o que ficou para trás...
Eu muito desejo, acima, que tenhas me amado,
Pelo menos por um segundo...
.
.
.
Porque eu te amei...
E fui feliz...

2 comentários:

Juliano disse...

Eu muito desejo, acima, que tenhas me amado,
Pelo menos por um segundo...
.
.
.
Porque eu te amei...

Me arrepiei com esse final.

Beijooos e ótima semana

Gabi Magnani disse...

Que lindo Cinderela. É de sua autoria? Gostei bastante.. Sempre provando que o amor está acima de tudo.